fbpx
Inovação

19 de agosto de 2020

O Novo Ensino Médio e o protagonismo dos alunos:

novo ensino medio

O Novo Ensino médio tem sido bem discutido durante os últimos tempos e todos nós acabamos mergulhados em uma “escuridão” sobre o assunto. Existem várias dúvidas, tabus e questionamentos incertos e hoje vamos entender juntos um pouco mais sobre o tema. 

O texto abaixo é uma transcrição da palestra de Dudu Obregon, co-autor da disciplina Empreendedorismo Criativo, durante o encontro anual de parceiros Mind Makers. 

Vamos lá?

Afinal, o que é o Novo Ensino Médio?

O Novo Ensino Médio é um projeto de lei (nº 13.415/2017) que alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura do ensino médio.

O projeto veio para colocar o aluno como protagonista da aprendizagem e não mais como o receptor de informações em um formato completamente expositivo de sala de aula. É aplicação de uma metodologia “todos por todos” ao invés da continuidade da prática do “um para todos”, onde o professor fala e alunos escutam. 

Poderíamos fazer uma analogia ao mundo dos negócios e desenvolvimento de produtos, que adotam um “design” centrado no usuário. Então, o Novo Ensino Médio teria como seu usuário um aluno com mais autonomia, responsabilidade e participação ativa. 

Estrutura de carga horária do Novo Ensino Médio: 

A divisão de 3 anos se mantém, mas a carga horária tem mudanças Passa de 2400 horas para 3000 horas, sendo dessas 3000: 

  • 60% dedicado às disciplinas da BNCC, linguagens, matemática, ciencias, etc. 
  • 40% dedicado aos itinerários formativos: Disciplinas conectadas a vida, o mundo e o mercado de trabalho. 

Pensando sobre essa mudança de carga horária, teríamos agora muito espaço para a introdução de novos conteúdos. E as escolas e instituições de ensino ainda não têm intimidade com esses novos conteúdos. 

Então, vemos uma grande oportunidades de reaprendizagem e de refinar nosso olhar empreendedor para dedicar-se ao novo e não replicar o “velho”. 

Uma chance única de uma reestruturação em nossa forma de agir em situações adversas (como a vivida no atual “novo normal”).

O  Novo Ensino Médio pode gerar um impacto gigantesco no futuro. As novas gerações estarão preparadas para a resolução de problemas e situações da vida e do mercado de trabalho. 

Vamos dar uma olhada em uma simulação de jornada de um aluno no Novo Ensino Médio. Aluno terá um currículo que vai além do “avançado em matemática ou biologia”.

Simulação de Jornada no Novo Ensino Médio

A jornada escolhida pelo aluno pode guiá-lo em sua carreira profissional e implementar conhecimentos em disciplinas transversais importantes ao desenvolvimento do aluno (como design, big data, fotografia, etc…). 

É um mergulho nas experiências de vidas e vivência de mercado, uma nova vivência do ensino médio. 

Dê uma olhada em um exemplo de jornada abaixo: 

E esse compromisso é nosso! 

Precisamos adequar o ensino médio aos paradigmas de lei e já acelerar este processo para que as gerações atuais tenham acesso a esse tipo de conteúdo. 

A introdução de disciplinas preparatórias e com conteúdo disruptivo já é um grande exemplo deste início. Escolas já vêm preparando seus alunos através de novas disciplinas introduzidas na grade escolar. 

O Empreendedorismo Criativo e o Pensamento Computacional, são exemplos de disciplinas que rompem com o modelo expositivo e altamente conteudista e introduzem os alunos a conceitos importantes para a vida e o futuro do mercado de trabalho. 

seja-parceiro-mind-makers

Copyright © 2021 Mind Makers. All rights reserved.